www.irineupedrotti.com.br Irineu Pedrotti é Desembargador do TJSP e publica acórdão modelo petição rural cível criminal vocabulário jurídico Condomínio Incorporações arrendamento mercantil leasing locação imobiliária doenças profissionais acidente trabalho infortunística concubinato latim forense ACÓRDÃOS   Irineu Pedrotti é Desembargador do TJSP e publica acórdão modelo petição rural cível criminal vocabulário jurídico Condomínio Incorporações arrendamento mercantil leasing locação imobiliária doenças profissionais acidente trabalho infortunística concubinato latim forense TERMO DE USO    Irineu Pedrotti é Desembargador do TJSP e publica acórdão modelo petição rural cível criminal vocabulário jurídico Condomínio Incorporações arrendamento mercantil leasing locação imobiliária doenças profissionais acidente trabalho infortunística concubinato latim forense DEDICATÓRIA   Irineu Pedrotti é Desembargador do TJSP e publica acórdão modelo petição rural cível criminal vocabulário jurídico Condomínio Incorporações arrendamento mercantil leasing locação imobiliária doenças profissionais acidente trabalho infortunística concubinato latim forense CARREIRA    
Irineu Pedrotti é Desembargador do TJSP e publica acórdão modelo petição rural cível criminal vocabulário jurídico Condomínio Incorporações arrendamento mercantil leasing locação imobiliária doenças profissionais acidente trabalho infortunística concubinato latim forenseINÍCIO Irineu Pedrotti é Desembargador do TJSP e publica acórdão modelo petição rural cível criminal vocabulário jurídico Condomínio Incorporações arrendamento mercantil leasing locação imobiliária doenças profissionais acidente trabalho infortunística concubinato latim forenseCADASTRO Irineu Pedrotti é Desembargador do TJSP e publica acórdão modelo petição rural cível criminal vocabulário jurídico Condomínio Incorporações arrendamento mercantil leasing locação imobiliária doenças profissionais acidente trabalho infortunística concubinato latim forenseMENSAGENS    Registre-se    Login  
Irineu Pedrotti é Desembargador do TJSP e publica acórdão modelo petição rural cível criminal vocabulário jurídico Condomínio Incorporações arrendamento mercantil leasing locação imobiliária doenças profissionais acidente trabalho infortunística concubinato latim forense
Irineu Pedrotti acórdãos modelos de petições acidentes trabalho  direito justiça  modelos  petição contrato aluguel tribunal alçada notícias despejo acórdão ementa sorteio código condomínio incorporações previdência aposentadoria invalidez carreira indicadores econômicos IGPM poupança INPC Selic TR Ufesp Ufir leis legislação constituição São Paulo Menu principal

Irineu Pedrotti acórdãos modelos de petições acidentes trabalho  direito justiça  modelos  petição contrato aluguel tribunal alçada notícias despejo acórdão ementa sorteio código condomínio incorporações previdência aposentadoria invalidez carreira indicadores econômicos IGPM poupança INPC Selic TR Ufesp Ufir leis legislação constituição São Paulo Contato

Irineu Pedrotti acórdãos modelos de petições acidentes trabalho  direito justiça  modelos  petição contrato aluguel tribunal alçada notícias despejo acórdão ementa sorteio código condomínio incorporações previdência aposentadoria invalidez carreira indicadores econômicos IGPM poupança INPC Selic TR Ufesp Ufir leis legislação constituição São Paulo Galeria
Cerimônia 0202.jpg

Irineu Pedrotti acórdãos modelos de petições acidentes trabalho  direito justiça  modelos  petição contrato aluguel tribunal alçada notícias despejo acórdão ementa sorteio código condomínio incorporações previdência aposentadoria invalidez carreira indicadores econômicos IGPM poupança INPC Selic TR Ufesp Ufir leis legislação constituição São Paulo Acesso

Irineu Pedrotti acórdãos modelos de petições acidentes trabalho  direito justiça  modelos  petição contrato aluguel tribunal alçada notícias despejo acórdão ementa sorteio código condomínio incorporações previdência aposentadoria invalidez carreira indicadores econômicos IGPM poupança INPC Selic TR Ufesp Ufir leis legislação constituição São Paulo Usuários online
17 visitantes online (15 na seção: Novidades)

Usuários: 0
Visitantes: 17

mais...

Irineu Pedrotti acórdãos modelos de petições acidentes trabalho  direito justiça  modelos  petição contrato aluguel tribunal alçada notícias despejo acórdão ementa sorteio código condomínio incorporações previdência aposentadoria invalidez carreira indicadores econômicos IGPM poupança INPC Selic TR Ufesp Ufir leis legislação constituição São Paulo Busca
Vocabulário : Errado o uso de "ação de ... em face de"
em 15/1/2006 20:30:00 (8972 leituras)

Errado o uso de "ação de ... em face de"

Errado o uso de "ação de ... em face de".
Certo: "ação de ... contra ...".

Ação de "A" contra "B"

Alexandre Germano, Desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo e professor de Redação Jurídica (Informativo InterAção, EPM, no 49, abril de 2004, pág. 3).



A expressão "em face de", segundo o dicionário Aurélio, significa na presença de, diante de, perante: o que o salvou , em face do perigo, foi sua habitual calma. Já o Houaiss registra a expressão "à face de", com o significado de na presença ou na vista de.

E Caldas Aulete (Dicionário Contemporâneo da |Língua Portuguesa) anota a locução prepositiva "em face de" com o sentido de em frente, por diante, perante, na presença, defronte, à vista de, em virtude de: em face um do outro, em face da lei deve ser condenado.

Daí a lição de José Maria da Costa (Manual de Redação Profissional), segundo a qual são corretas as expressões "em face de" e "em face a", as quais, todavia, devem ser empregadas em exemplos como este: "em face daquele depoimento, o réu acabou por confessar o crime".

O que, segundo o mesmo autor, não encontra respaldo na lei nem na melhor doutrina do Direito é o uso da expressão "em face de" para posicionar processualmente a parte contra quem se move uma ação.

Assim pensam Geraldo Amaral Arruda, Sérgio Bermudes e outros juristas e estudiosos de boa redação jurídica, os quais não aceitam o uso (hoje generalizado e abusivo) do modismo "ação movia por Maria em face de Antonio" e coisas semelhantes.

Como anotamos em artigo anterior, a própria lei não emprega o "em face de" ou "em face a", mas sim "contra": "a pretensão do segurado contra o segurador" (art. 206, § 1o, II do novo Código Civil); "não poderá intentar nova ação contra o réu com o mesmo objeto" (parágrafo único do art. 268 do Código de Processo Civil) e assim por diante.

A melhor solução é seguir a terminologia legal; por isso, é recomendável escrever "ação movida por Maria contra Antonio", sem receio do uso do "contra", que significa "em oposição a", "em direção a" (dicionário Aurélio).

Avaliação: 10.00 (1 voto) - Avalie esta notícia -


Outros artigos
15/7/2018 19:01:00 - Aberração e acinte
15/7/2018 19:00:14 - Os custos da farra
6/7/2018 11:04:29 - Mais um excesso da Justiça
5/7/2018 7:22:23 - Brasil é condenado na Corte Interamericana de Direitos Humanos por caso Herzog
1/7/2018 7:19:09 - O perigo do WhatsApp
1/7/2018 7:16:54 - Defesa de Lula entrou com 78 recursos no caso triplex
30/6/2018 7:45:12 - STF mantém fim da obrigatoriedade da contribuição sindical
28/6/2018 7:55:47 - Juro do rotativo cai 25 pontos e cheque especial passa a ser crédito mais caro
28/6/2018 7:54:43 - O Supremo vacila
28/6/2018 7:54:08 - A contribuição sindical

Irineu Pedrotti é Desembargador do TJSP e publica acórdão modelo petição rural cível criminal vocabulário jurídico Condomínio Incorporações arrendamento mercantil leasing locação imobiliária doenças profissionais acidente trabalho infortunística concubinato latim forense